É HOJE: 2º Projeção Sonora de Música Eletroacústica Genos

classic Classic list List threaded Threaded
1 message Options
Reply | Threaded
Open this post in threaded view
|

É HOJE: 2º Projeção Sonora de Música Eletroacústica Genos

Guilherme Bertissolo
Olás!
A 2º Projeção Sonora de Música Eletroacústica Genos acontecerá hoje (30/04), às 18hs no GenosLab.
No programa obras de Alexandre Espinheira, Guilherme Bertissolo, Pedro Amorim, Daniel Mendes (São Paulo) e Edgar Varése (com o início da Projeção de Obras Clássicas da História da Música Eletroacústica).
Abaixo lhes envio mais detalhes sobre o programa.

O que? 2º Projeção Sonora de Música Eletroacústica Genos
Onde? GenosLab (em cima da Sala da Pós-Graduação)
Quando? 30/04 (quinta-feira), às 18hs
Quanto? Guatuito

Maiores detalhes em http://wiki.genos.mus.br/projecoes/

Compareçam e ajudem a divulgar.
Atenciosamente,
Guilherme Bertissolo


Alexandre Espinheira graduou-se em composição pela Universidade Federal da Bahia em 2000. Estudou composição com Wellington Gomes, Ricardo Bordini, Joseph Sekon e Agnaldo Ribeiro. Ganhou uma menção Honrosa no II Concurso de Composição Camargo Guarnieri em 1998 com a peça Mitch van Bonh (ainda inédita) e foi vencedor da categoria Câmara do I Concurso de Composição Ernst Widmer em 2007 com Ballerine. Em 2008 defendeu sua dissertação intitulada T1patacuntum - Suíte sinfônica de gêneros baianos que utiliza a Teoria Pós-tonal para geração de material compositivo. Atualmente realiza pesquisas relacionadas à composição e Teoria Pós-tonal.

noritmodoalgoritmo é um rondó dodecafônico não serial de forma relativamente aberta.


Pedro Filho Amorim, compositor e recém-(ah!)mestrado (quando a ficha cair....), sempre ouviu estórias sobre os bicho (sic, sem 's' no fim) de Xinxinha e quando ouviu o que fez, teve certeza que ela botou o dedo ali.

Os bicho de Xinxinha: aparição das "coisa invisivi" para um violeiro cego e levemente disléxico. Gravações futucadas em processos low-tech.


Guilherme Bertissolo é compositor e instrumentista, Mestre e Doutorando em Música – Composição pela Universidade Federal da Bahia, atualmente sob orientação de Paulo Costa Lima. Tem participado regularmente de encontros, seminários e festivais, realizando cursos e publicando artigos, como o Festival de Inverno de Campos do Jordão (2007), o III, V e VI Encontro Nacional de Compositores Universitários (2005, 2007 e 2008) e os Seminários Internacionais de Análise PPGMUS UFBa (2008). Teve obras estreadas em Montenegro, Porto Alegre, Curitiba, Aracajú, São Paulo e Salvador. Sua obra Um Truco numa Carona recebeu o Primeiro Prêmio no II Concurso “Ernst Widmer” de Composição, na categoria Duo de Violões. Atualmente é professor substituto no Departamento de Composição, Literatura e Estruturação Musical da UFBa.

Histriônica N° 1 é a primeira de uma série de obras eletroacústicas, sendo a única acusmática. Essa peça possui sons provenientes de três tipos de fontes: material de síntese sonora, material gravado em estúdio e material concreto. A peça se organiza basicamente de duas seções (divididas em duas partes cada) e uma coda, sendo usados predominantemente os sons de síntese e os gravados na primeira seção e os sons concretos e gravados na segunda seção e na coda. Essa obra foi composta em 2006 nos laboratórios do Centro de Música Eletrônica da UFRGS.


Daniel Mendes é compositor e violonista. Graduado em música UERGS, atualmente cursa Mestrado em Composição na UNESP, sob orientação do Dr. Flo Menezes, com apoio FAPESP. Realizou cursos e colaborou como bolsista no Centro de Música Eletrônica da UFRGS. Teve obras estreadas em diversas cidade brasileiras e tem trabalhado ativamente em composições e pesquisas sobre música contemporânea, eletroacústica e instrumental.

O Morcego foi composta segundo um interpretação livre do soneto O Morcego, de Augusto dos Anjos. Toda a peça foi concebida e realizada no Centro de Música Eletrônica da UFRGS, e sua estréia ocorreu no concerto Música Eletrônica no Museu, no Museu da UFRGS, a convite do Prof. Dr. Eloy Fritsch.


Edgar Varése (1883-1965) é um compositor franco-estadunidense que contribuiu substancialmente para o desenvolvimento musical do século XX, introduzindo o ruído parte integrante do material de suas obras, buscando uma ampliação dos meios musicais. Abriu caminho para a estréia de música contemporânea nos EUA com a fundação da New Symphony Orchestra (1919), do Grêmio Internacional de Compositores (1921) e da Associação Pan-Americana de Compositores (1927). As suas primeiras obras, datadas dos anos 1920, baseiam-se ainda na utilização de instrumentos tradicionais: "Hyperprisme" (1923); mais tarde, introduziria nelas a percussão, "Ionisation" (1931), a eletrônica e os ruídos, "Density 21.5" (1935).

Poèm electrónique composta em fita magnética, foi encomenda para ser projetava no Pavilhão da Phillips na Exposição Universal de Bruxelas de 1958, desenhado por Le Corbusier. A projeção foi realizada através de 425 alto-falantes instalados ao longo do pavilhão, por onde o público passava, sublinhando assim a influência da arquitetura sobre o ouvinte.




Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes
_______________________________________________
Genos-users mailing list
[hidden email]
http://lists.genos.mus.br/mailman/listinfo/genos-users